Notícia do projeto de restauro do acervo da Santa Casa veiculado no Jornal do Almoço do dia 03/05/2010

10 05 2010

O Jornal do Almoço do dia 03/05/2010 apresentou notícia sobre o projeto de restauração das pinturas do Salão Nobre da Santa Casa de Misericórdia de Pelotas, coordenado pela profa. Andréa Baquetini. Agradecemos à RBS TV pela divulgação do nosso trabalho à comunidade.

A seguir, a profa. Andréa explica o trabalho lá realizado:

Projeto de extensão: Restauração das pinturas do Salão Nobre da Santa Casa de Misericórdia de Pelotas.

Este projeto de ação patrimonial coordenado pelo grupo de professores do Curso de Conservação e Restauro do ICH/ UFPel, Andréa Bachettini, Francisca Michelon e Robetto Heiden, é  voltado para restauração de 118 obras de artes pertencentes ao acervo do Salão Nobre da Santa Casa de Misericóridia de Pelotas.  As 188 obras constituem testemunho histórico e material de âmbitos que circuscrevem a história da cidade, da região, e em alguns aspectos, inscreven-se na história do país. Os retratos de personalidades benemeritas são apresentados na forma de pinturas, fotopinturas e fotografias, as peças possuem molduras originais e foram realizadas por artistas e fotografos da região, quando na época em que assinaram seus quadros, já eram reconhecidos pelo seu continuado trabalho artístico.
No projeto já foram realizados pelos alunos e pelos professores o registro documental e fotografico das peças, diagnóstico do estado de conservação e elaboração da metodologia de intervenção de conservação e restauro do acervo.
O projeto prevê a efetivação das práticas de conservação e restauração, mas para isto, é necessário o patrocínio de empresas e pessoas interessadas em ajudar a viabilização da recuperação deste importantíssimo acervo que vem sofrendo com ação tempo. Após a recuperação da acervo pretende-se  tornar acessível através da visitação presencial e virtual por base de dados este importante acervo.
As empresas interressadas em apoiar o projeto podem contactar com a Provedoria da Santa Casa de Pelotas e também com a Coordenação do Curso de Conservação e Restauro/ICH/UFPel.


Ações

Information

3 responses

29 05 2010
Luiza FN Carvalho

Muito interessante a matéria. Este acervo é realmente muito valioso para história de Pelotas. Parabéns pelo trabalho.

18 06 2010
Ivilisi Soares

Eu daqui de Marataízes, cidadezinha de 35 mil habitantes, sul do Espírito Santo, apaixonada por tudo isso, querendo muito aprender sobre restauro, deixo a sugestão de algum curso via internet. Parabéns.

18 06 2010
conservacaorestauro

Prezada Ivilisi!

Obrigado pela sua visita ao site e interesse manifesto. Infelismente não temos ferramentas os programas como este disponíveis. Mas esta sugestão será levada ao colegiado do Curso. Aproveite para visitar em nosso site o link com dicas de conservação.

Saudações!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: